Conhecendo o(a) autor(a): Rachel Cohn

Meu namorado não entende porque eu me interesso pela vida privada dos “famosos”, ele até costuma dizer com muita frequência: não vai mudar nada na minha vida. E bom, provavelmente não vai, mas eu não consigo evitar essa curiosidade latente pelas pessoas que admiro. (E não é qualquer “famoso” – viu, mô? -, não. Eu jamais sairia por aí procurando biografias ou me interessando pela estória de uma ex-BBB, por exemplo.)

Gosto de saber mais sobre as pessoas cujo talento me toca. Se a estória dela é parecida com a minha; se ela sofreu para chegar onde está; quais os próximos projetos e até mesmo banalidades, se ela gosta de gatos e de sotaques. Eu simplesmente acho interessante!

Tendo isso em mente, vou tirar um tempo para falar para vocês sobre uma autora - e seus livros - por quem tenho grande carinho; Rachel Cohn. Ela é a autora – junto com David Levithan, em ambas as obras - de Nick e Norah e Dash & Lily’s book of dares.

Nascida em 14 de Dezembro de 1968, em Silver Spring, Maryland, Rachel é uma mulher que diz que o interessante na vida dela às vezes ganha vida e é passado pro papel, mas o resto; nem tanto. Desde o momento em que aprendeu a ler e escrever estava tentando criar estórias! Cresceu cercada por livros e pais educadores, então o desejo e incentivo à escrita veio rapidamente em sua casa.

Quando tinha dezessete anos, foi para Manhattan para cursar faculdade na Barnard College. Ela achou que queria ser jornalista, mas aconteceu que ela queria criar estórias sobre os personagens em sua cabeça e não escrever sobre a uma historia de verdade, dos outros. Alguns anos depois se mudou para São Francisco e arranjou um emprego numa firma de direito para seu sustento enquanto ela começava a estudar e escrever, efetivamente. Rachel escreveu três livros (não tá fácil pra ninguém) que não foram publicados até Pão de mel conseguir uma editora.

Agora que vocês conhecem um tiquinho da autora vou mostrar outros livros, fora os que já foram resenhados aqui no blog, escritos por ela e que me chamaram atenção. 

Very LeFreak tem um problema: ela é uma loucamente viciada em tecnologia. Very não se cansa de seu iPhone, laptop, mensagens instantâneas, mensagens de texto, qualquer que seja. Se há uma chance de haver uma mensagem de entrada, chamada, texto ou foto pode ser de sua paixão super secreta on-line, ela vai responder, não importa o quê. Nada é muito importante: dormir, amigos no meio da conversa, escola, uma reunião com o reitor sobre estágio acadêmico. Logo, porém, essa obsessão custa tudo e todos de Very. Ela poderá aprender a bloquear o ruído para que ela possa finalmente ouvir seu coração?
Da aclamada autora Rachel Cohn vem uma história engraçada, comovente, e certamente reconhecível sobre uma menina e o hábito de tecnologia que ameaça tudo.
As primas de primeiro grau Laura e Miles cresceram como irmãs. Miles pensava em Laura como a menina de ouro – inteligente, bonita, rica e popular, enquanto Miles se considerava a indesejada – sem atrativos, excluída. O suicídio de Laura despedaça Miles, deixando ela se sentindo completamente sozinha e mandando Miles abaixo em uma espiral perigosa. Mas Miles encontra força em si mesma e naqueles que ela não acreditava que se preocupavam para ela e ela é capaz de reconstruir sua vida em maneiras inesperadas.
Novo romance emocionalmente poderoso de Rachel Cohn lida com problemas graves, como depressão, suicídio, a prescrição de drogas, abuso e configurações familiares alternativas através da lente do amor da família e a sobrevivência.
Tô numa fase livros leves e como eu curto essa pegada cômica de alguns livros, provavelmente leria Very LeFreak; ainda mais com essa capa linda! 

Alguns de vocês a conhecem por Cupcake, Siri e Pão de Mel; publicados no Brasil pela editora Galera Record. Eu só li esses dois que já foram resenhados no blog, mas ainda sim a autora conquistou minha admiração. Espero que tenham gostado, uma boa quarta feira a vocês, bonitinhos.

21 comentários:

Pabline disse... [Responder comentário]

Pois é, eu não li nada da autora ><
Mas isso é verdade, quando sentimos simpatia por algum artista, ficamos curiosinhos por isso ou aquilo. Além que é interessante saber um pouco da vida e das inspirações de quem tanto nos inspirou XD
Bjão Lu!

-Amigas Entre Livros-

Sofia disse... [Responder comentário]

Concordo, quando agente fica muito interessado em algum famoso E Tals, procuramos saber mais informações...
Nunca li nada da autora, mas esses dois livros dela parecem muito legal mesmo, principalmente o segundo.

Adorei o post!!!

Beijinhos...

Lendo de Tudo

Nana disse... [Responder comentário]

Oii Lu
Ainda não li nada da autora, mas quero bastante ler Nick e Norah, e os outros que você postou. Os livros dela parecem ser o tipo que gosto mesmo.

HAHA nossa ninguém merece, será que existe gente que procura 'biografia' sobre BBB? Cada um com seu gosto..

Então os 30 min de A Arvore da Vida são imagens da criação, não fotos, mas vídeos mesmo.

beijos
Nana - Obsession Valley

Natalia Dantas disse... [Responder comentário]

Lu ando meio sumida por aqui, sorry'
Adorei a sua ideia, e claro que eu adoro saber sobre as pessoas, na quais me sinto interessada :DD

Beijos ;*
Natalia. http://www.musicaselivros.blogspot.com/

Flávia Pachêco disse... [Responder comentário]

Oláa Lu!!

Infelizmente, ainda não li nada da Rachel :/ Mas fico babando nos livros delas, as capas são lindas, as sinopses me conquistam.. só que to sem dindin agora :/ Mas já tenho alguns dela na minha listinha de desejados, espero ter a oportunidade de ler eles algum dia, principalmente Dash & Lily's book of dares, que você tá sempre falando super bem, rs.
Sorte a dela ter nascido em uma família assim né? Que sempre a apoiou e incentivou!
Adorei o post!

Beijão,
@flafsbp
{ http://17ezesseteinvernos.blogspot.com/ }

Estefanie Germanotta disse... [Responder comentário]

Não sei se já disse, mas acho o layout do seu blog uma fofura sem fim *-* Nunca li nenhum livro dessa autora, mas ela parece ser ótima. Adorei as capas dos livros. Obrigada pela visita e volte sempre! Te sigo aqui já. Beijos adocicados.

Coisas Fúteis

Aione Simões disse... [Responder comentário]

Oi Lu!
Eu te entendo, eu também gosto de conhecer mais sobre a vida das pessoas que admiro. É curiosidade, é vontade de ter uma maior aproximação, como se a gente realmente conhecesse aquela pessoa né? E sem contar o fato da possibilidade de identificação!
Enfim, gostei de saber mais da Rachel e embora ainda não tenha lido nada dela, eu pretendo ^^
Beijão Lu!

Just Livros disse... [Responder comentário]

Ainda não conhecia o trabalho da autora mas gostaria de ler Nick e Norah, a sinopse me conquistou.

att,
http://www.just-livros.blogspot.com/
Tem Promoção no Blog!

ka macedo disse... [Responder comentário]

Lu, eu sou louca para ler You Know Where To Find Me e é o único dela (sozinha) que realmente me interessa. Não sei por que Cupcake, Siri e Pão de Mel não me interessaram tanto :/
Mas os que ela escreveu com o David me atraem muuito.
Eu adoro ver a história de vida das autoras (res) também. Sempre tem alguma coisa interessante para aprender sobre eles. Sem contar que nos sentimos mais próximos de nossos idolos desta forma, não?
Gostei de saber como ela foi persistente na hora de decidir sua carreira. Acho que, para quem também quer escrever, deve ser uma grande inspiração :)
Espero que isso se torne uma coluna, adoraria ver a história de alguns autores que eu ainda não conheço.

Beijoos Lu!

Leitura entre amigas disse... [Responder comentário]

Oii!!
Eu ainda não conhecia a autora!
Mas as sinopses dos livros dela me chamaram atenção! *_*
Vou colocar alguns na lista de desejados! rs
Beijos Lu!

Elidiane - Leitura entre amigas

Jessica Carvalho disse... [Responder comentário]

Oie Luana!

Eu também gosto de saber sobre aqueles por quem me interesso, principalmente escritores. Ainda não conhecia Rachel Cohn, embora já tivesse ouvido falar dos livros dela. Foi legal conhecer ^^, gostei da sinopse de "You Know Where To Find Me".

Olha, te indiquei para um meme lá no meu blog viu? Beijus =*

Nathália Risso disse... [Responder comentário]

Oi Luu!!
Amei saber um pouco mais sobre a Rachel! Adoro os livros e a escrita dela, e espero que publiquem mais obras de sua autoria aqui no Brasil!
Ótimo post!
Obrigada pela visita e pelo comentário!
Tem post novo, passa lá :)
Beijos,
Nathi
@bookswonderland
Books in Wonderland

Eduarda Menezes disse... [Responder comentário]

Oi Lu!
Sou igualzinha a você, adoro conhecer mais sobre a vida das pessoas que admiro! Até as maiores banalidades que elas gostam, fico super curiosa! E o engraçado é que o meu namorado fala exatamente a mesma coisa que o seu hahaha!
Eu não conheço quase nada da autora, só o que você falou sobre ela até agora, mas pelo pouco que vi imagino que vá me interessar! Ela parece escrever muito bem e pretendo ler um livro dela, acho que o meu primeiro vai ser o Dash & Lily’s book of dares, que pretendo comprar assim que puder, fiquei super curiosa por ele! ^^
Beijos!

Ana Ferreira disse... [Responder comentário]

Lu,
Assim como você e as meninas que comentaram, também me interesso pela história real dos autores que escrevem os livros que tanto admiro. Gosto de saber por quais dificuldades eles tiveram que passar para conquistar seu lugar, se são do meu signo (risos), se compartilhamos de algum gosto ou paixão.
A história de Rachel Cohn é bem interessante, típica de uma escritora, sendo que a marca principal da biografia deles é o exercício de outra profissão, quase que invariavelmente.
Fiquei interessada em "You Know Where to Find Me", tenho um certo apreço por esse clima dramático, que quase sempre me emociona e faz refletir. Vou até adicioná-lo no Skoob.

Um beijo!
Ana - Na Parede do Quarto

Danniele disse... [Responder comentário]

Awwn, a Rachel me parece ser uma fofa *-* Os dois livros que você resenhou dela me parecem ser um encanto, já esses dois que você indicou... EU QUEEEERO MUUUITO! <3

Beijos :*

Danniele disse... [Responder comentário]

Te indiquei um meme, Lua: http://tudosobresentimento.blogspot.com/2012/02/meme-11-coisas.html

Bárbara Murat disse... [Responder comentário]

Também gosto de saber mais da vida de algumas pessoas, HAUHA. Mas não de ex-bbbs, lógico.
Tenho vontade de ler os livros que ela escreveu com David Levithan. Ou o primeiro dela sozinha, que você mostrou, que tem a capa linda. Pão de Mel nunca me chamou atenção, apesar das resenhas positivas...

Beijão.

Luara Cardoso disse... [Responder comentário]

Oi Luana!
Eu nunca li nenhum livro da autora, apesar de já ter visto muitas resenhas de Siri e Pão de Mel e ter me interessado muito pelo livro.
Acho que como você, eu leria Very LeFreak, preciso ler algum livro cômico no momento, sabe? Pra tentar amenizar um pouco do drama da minha vida.
Tomara que esses livros sejam lançados aqui no Brasil, ia ser ótimo!
Sobre sua admiração em saber a vida das pessoas, eu também sou assim. Acho que todo mundo é. Ninguém resiste em dar uma olhadinha na grama do vizinho. Só que alguns sabem disfarçar melhor, não é mesmo? haha

Um beijo,
Luara - Estante Vertical

PamFardin disse... [Responder comentário]

As vezes também tenho curiosidade sobre os famosos que eu admiro, como uma ator, ou escritor :P E lá vai eu procurar no wikipedia... kkk'
Adorei conhecer a Rachel, ainda vou ler algum livro dela *--*

Beijos
aritmeticadasletras.blogspot.com

Camila Costa disse... [Responder comentário]

Me apaixonei pela rachel quando li pão de mel, siri e por fim cupcake acho que são os livros mais perfeitos que eu já li *-* Li nick e norah essa semana (AMEI) e já estou planejando comprar Dash and Lily's mes que vem *-*
Beijooos *------*

Adriel Christian disse... [Responder comentário]

Oi, Luana.

Não conhecia a Rachel, na verdade conheci ela aqui pelo blog.

O livro "Very LeFreak" me conquistou pela sinopse, vou confessar que já fui para o google pesquisar sobre ele, mas não encontrei muitas informações a respeito. Fuen, Fuen.

Eu acho legal quando a pessoa que adora ler livros procura conhecer um pouco o autor, a sua vida, como e onde ele viveu...

Bjs.

Postar um comentário

Os comentários serão retribuidos em seu blog, desde que não sejam de carater apenas de divulgação. Comente o que realmente achou! Obrigada :)