Nick e Norah - Rachel Cohn e David Levithan

Título: Nick e Norah – Uma noite de amor e musica
Autores: Rachel Cohn e David Levithan
Editora: Galera Record
Páginas: 220
Classificação:
 
 
Então eu, este baixista qualquer de uma banda de queercore mediana, viro-me para a garota de blusa de flanela que nem conheço e digo: - Sei que isso vai parecer meio estranho, mas poderia ser minha namorada pelos próximos cinco minutos? 

Pronto, o livro me ganhou bem aí. Fiquei imaginando o dia que um desconhecido bonitinho viesse e me pedisse isso. Muito gracinha e inocente, gente! Ah, Nick... Mas enfim. Li esse trecho através de um depoimento do Orkut (wow, isso ainda existe?) de uma amiga e me fiquei logo interessada. Comprei mais uma vez pela internet, já que não tinha (oh really?) na livraria da minha cidade e devo ter lido em algumas horas. Dá sim para ler um livro de 220 páginas em um dia quando a leitura é fácil e divertida.
Essa é a palavra chave para caracterizar Nick e Norah: divertido. Intercalando a narrativa, um capitulo na visão de Nick e outro na visão da Norah, os autores nos aproxima de ambos os personagens e seus pontos de vista. Assim a gente não fica dando razão para ninguém, do tipo “Porque o Nick não toma iniciativa logo?”, já que no capitulo seguinte nós vemos que talvez seja porque Norah não esteja dando dicas/indiretas suficientes. Ninguém consegue ler a mente de ninguém e o livro mostra como a mente de dois adolescentes pode ser confusa, caótica e urgente.
Nick, aquele lindo, é um garoto que dirige um Yugo acabado e toca baixo em uma banda de queercore e acaba de terminar (ser chutado faz mais sentido) pela namorada imbecil, Trish. Norah é filha de um renomado produtor musical que estava na boate para ficar de olho na sua amiga meio bêbada Caroline. Norah é uma espécie de rebelde sem causa e nenhum dos dois estava procurando por nada de especial naquela noite.
Depois da proposta da citação ali em cima e depois de um beso caliente, Nick e Norah embarcam numa noite/madrugada de “aventuras” para encontrar o show secreto de uma banda que ambos curtem. O livro é regado de referencias musicais - na maior parte do tempo, ótimas referencias, aliás -, palavrões e insinuações de sexo, mas nada explicito. São cenas bem inocentes, mas sem serem maçantes. Resumindo: é uma leitura fácil, divertida e gostosa.
PS; A capa é uma foto do filme que é estrelado pela Kat Dennings e pelo Michael Cera (você provavelmente viu ele na comédia Super Bad), um dos meus nerds preferidos. O livro é bem melhor, só para variar. Assista o thrailer aqui:


11 comentários:

Amanda A. disse... [Responder comentário]

Olá, amei seu blog e estou seguindo *-*
Ontem eu vim aqui para comentar, mas não tinha conseguido estava dando erro, mas hoje voltei pra ver se dava certo, e deu, finalmente consegui comentar *-* OAHSUOAHUOH
Fiquei curiosa para assistir parece ser bom.
Beijos!

Gi disse... [Responder comentário]

esse filme é meuito fofo!!!

Já passaram no blog, tem post novo: tutorial de unhas!!!Corre lá também poque 2 SORTEIOS ROLANDO!!! SORTEIO MOROCCANOIL E SORTEIO MAISON JOLIE!!!

www.pimentaroja.blogspot.com

Bjoss

Gi

"L" , "N" ou "Luma" se preferir disse... [Responder comentário]

Fiquei curiosa com esse trecho também: " Sei que isso vai parecer meio estranho, mas poderia ser minha namorada pelos próximos cinco minutos? "

Confesso que eu ia rir e iria aceitar só para ver no que dava. Ainda mais se ele for lindo como você está dizendo

Gostei da resenha, me deixou curiosa!

Evellyn disse... [Responder comentário]

Hahha
eu vi esse filme a pouco tempo e achei mega doido, mas é legal! Eu amei os amigos gays! ahahha
realmente o Michael ja virou um nerd de categoria!! E ainda não li o livro...
Sou so eu ou o Yogo é uma especie de brasília? rs

Então, gostei mesmo da sua resenha!
To seguindo tb! obrigada por gosra do blog, o seu tb é mt legal! Tb amei as coisas sobre moda *-*

bjs
hey Evellyn!

Luana Feres disse... [Responder comentário]

É bem doido sim, e o livro é beeem melhor. Você não entende muito bem o que eles sentem no filme. Os amigos eram umas gracinhas, queria ter um daqueles.
Acho que é sim, hauah. Uma mistura de brasilia e fiat uno, sei lá, me lembrou também.

Ah, obrigada, muito bom ouvir isso, ainda mais de você. Adoro seu blog.
Beijos

Lorenna Guerra disse... [Responder comentário]

Você escreve maravilhosamente bem! A sua resenha me deixou com vontade de ler o livro, e por sua culpa, vou gastar dinheiro. Meu bolso não agradece.

Mas, parabéns! Adorei, e estou seguindo o blog.
Beijos!

Vanessa disse... [Responder comentário]

Amei a resenha querida! Eu já tinha passado por aqui? Não me lembro, mas enfim, amei seu blog. To precisando ler um livro divertidinho, sabia? Faz tempo que eu não leio. Ain ain, vou procurar esse pra ler <3

Beijos, Vanessa.
This Adorable Thing

Geane Costa Borges disse... [Responder comentário]

Muito legal o trailler do filme vou ler o livro primeiro com certeza ele e melhor e depois o filme gostei muito do post e já estou lhe seguindo

junior disse... [Responder comentário]

Cara eu não sabia que havia um livro desse filme. Eu adoro esse filme é uma comedia romântica divertidíssima. E tem uma trilha sonora ótima, daquelas que vc escuta e ao terminar o filme fica todo empolgado louco pra ter uma aventura semelhante. Vou buscar ler esse livro, ótima dica bjs

Gabi disse... [Responder comentário]

fkei cm vontade de ler...as vezes é bom sair dos anjos e vampiros adolescentes e ir pro adolescente normal pra variar!muito boa sua resenha, e alias, que carinha boca suja!..rsrsr..mas, eu gostei do trecho do livro, mesmo assim..bjs

Postar um comentário

Os comentários serão retribuidos em seu blog, desde que não sejam de carater apenas de divulgação. Comente o que realmente achou! Obrigada :)