Leaving Paradise - Simone Elkeles

Título: Leaving Paradise
Autor(a): Simone Elkeles
Editora: Flux
Páginas: 303
Onde comprar: Book Depository
Resenha internacional

Felizmente comecei o ano com grande satisfação literária! Os últimos livros lidos estavam na minha lista de desejos há meses e quando tive a chance de lê-los, o desapontamento não tomou conta de mim. Nessa categoria se enquadra Leaving Paradise e a estória, no mínimo, controversa de Caleb e Maggie. 

Caleb Becker passou o ano na prisão juvenil após ter atropelado Maggie Armstrong ao sair de uma festa, bêbado. Maggie passou o ano no hospital fazendo fisioterapias e sonhando com o dia em que iria embora de Paradise, sua cidade natal cujo nome não faz jus a situação ao qual ela se encontra; a perna de Maggie passou por inúmeras cirurgias após o acidente, mas a vida social e de tenista não existem mais.

Os dois passaram os últimos trezentos e alguns dias enclausurados, a sua própria maneira. O dia em que ambos voltam para a escola coincide e o terror de Maggie é confirmado: ela não só terá de encarar o garoto que danificou sua perna, mas os olhares de pena e desprezo que seus colegas lançam.enquanto ela manca em direção à sala. Caleb, por outro lado, é tratado como o ex condenado que é, com certo distanciamento e hesitação e a parte disso têm de encarar a garota que ele atropelou.

O livro é imerso numa confusão de sentimentos, um emaranhado de situações, escolhas e consequências de atos que perduram na consciência de todos envolvidos – desde Caleb e Maggie, até a família e amigos dos dois -. Como se uma escolha errada acarretasse em severas consequências e resultasse num efeito dominó para pessoas relacionadas. Acho que isso foi meu lado favorito, depois da narração. 

A narração me conquistou devido a facilidade e os capítulos intercalados mostrando os dois lados da estória. Esse tipo de artimanha narrativa foi especialmente agradável quando há um certo mistério na trama, coisa que definitivamente tem em Leaving Paradise. O ponto negativo foi que os capítulos eram muito curtos, no inicio do livro (cerca de três ou quatro páginas).

Os personagens seguem o estereótipo da escola americana. Por exemplo: no topo da escala social estão os populares e atletas, típicos na maioria dos livros YA. Entretanto, isso não consegue manchar a estória. Há personagens egoístas e babacas que sim, confesso, irritam bastante alguns diálogos (você tem vontade de entrar na cena e socar a pessoa), mas não ofusca de maneira nenhuma o desenvolvimento e amadurecimento de Caleb e Maggie.

A sinopse do livro deixa claro que haverá envolvimento emocional – e possivelmente amoroso – entre os dois e apesar de eu ter achado repentino, foi muito cativante. Parafraseando a contracapa “O que acontece quando a pessoa que danificou você para sempre, se torna aquela que você mais confia”?

Mas mais que um romance sobre adolescentes, Leaving Paradise fala sobre cura, perdão, coragem e força para seguir em frente. Não esquecer o passado, mas aceitá-lo, porque ele auxilia a moldar o individuo que você será amanhã. Recomendo àqueles que curtam esse tipo de livro, porque vale bastante a leitura. (Mas recomendo fortemente que comprem com ele, a continuação, porque eu estou sem e morrendo de curiosidade!)
 “Sometimes you have to steer away from the crowd in order to be a better person. It's not always easy, that's for sure. But it's right. And sometimes doing the right thing feels good, even if it does end up in a trip to the principal's office.” 
Classificação:
 4 de 5 - (Muito bom)

25 comentários:

Evellyn disse... [Responder comentário]

Ahh
eu nem lembro de ter lido resenha desse livro mas ja quero lê-lo faz um tempinho..
Adorei a resenha! Acho tão legal qnd YA tem uma historia mais funda q so o romance.. Acho que os dois são 'excluidos' devido ao que aconteceu..
Sabe, eu amo capítulos curtinhos!
Aii como vou fazer agora? Quero ler!!
*esse quote é lindo!*

bjs
Hey Evellyn!

Aione Simões disse... [Responder comentário]

Oi Lu!
Não conhecia o livro, mas, nossa, adorei a sinopse!
Parece ser ótimo, adorei essa sua paráfrase!
Não ligo pros capítulos curtos, as vezes até prefiro. Sinto o livro fluir mais rápido sabe?
Beijão!

Eduarda Menezes disse... [Responder comentário]

Oi Lu!
Achei a história do livro super interessante! O fato dos dois terem passado certo tempo fora do mundo por assim dizer, e por isso no final das conta ter unido os dois é tão bem bolado! A mensagem que o livro passa parece ser bem legal também! Outra coisa que gostei foi o título, que tem um certo duplo sentido já que Paradise é ao mesmo tempo o nome da cidade! Imagino como eles traduziriam para o português! rs

Lu, chegou a cartinha que você me mandou e eu amei demais! Sério, obrigada mesmo! Fiquei toda boba e adorei tudo! ^^
Beijão!!

Lara E. disse... [Responder comentário]

Oiiii! *-*
Adorei a resenha...
O livro parece ser ótimo!
Super interessante "O que acontece quando a pessoa que danificou você para sempre, se torna aquela que você mais confia?" :D
Fiquei curiosa...
Beijos,
Lara E.

http://naspaginasdeumlivro.blogspot.com/

Samira, disse... [Responder comentário]

Esse livro parece muito bom. Nunca li nenhum livro em que o "vilão" e a menina a quem ele machucou se apaixonassem, parece lindo! Livro vira-vira é um livro só mas, na verdade são dois. Por exemplo de um lado o primeiro da série e o do outro o segundo.

http://thebookofmydreams.blogspot.com/

Ana Ferreira disse... [Responder comentário]

Oi, Lu!

Adoro quando você nos traz essas resenhas de livros estrangeiros e com uma proposta totalmente distinta. Fica difícil de enjoar, de cair na mesmice.

Assim como algumas meninas disseram, eu aprecio muito autores de YA que sabem apostar em temáticas mais adultas e de maior consistência sentimental. Elas tocam o leitor mais sinceramente e não me restam dúvidas de que é o que acontece neste caso.

Sua resenha me deixou muito curiosa e teve um trecho seu, no último parágrafo, que achei genial: "Não esquecer o passado, mas aceitá-lo, porque ele auxilia a moldar o individuo que você será amanhã.". Quotes da Luana hahaha

Beijinhos,

Ana - Na Parede do Quarto

Ana Ferreira disse... [Responder comentário]

Só uma coisa, não tenho certeza, mas acho que na nota você quis dizer 4 de 5, e não 6. A não ser que você tenha adorado tanto o livro haha

Danniele disse... [Responder comentário]

Luaaa ♥
Faz um tempo que eu tô "namorando" esse livro viu? *-* A história me pareceu ser muito completa e encantadora. Sua resenha só fez aumentar meu encanto! Muito obrigada u.u KAOSKAOLSPO

Beijos :*

Kaah'riny - disse... [Responder comentário]

Oi Luana! :D
Essa é a segunda resenha que leio desse livro, e me deixou tão empolgada quanto a primeira que li. O livro parece bem do tipo que eu gosto. Adoro romance sobre adolescentes, e mais ainda quando há uma mensagem mais forte por trás. Quero muito poder lê-lo. ^^

Estou seguindo seu blog, o layout é muito lindo. *-*

Beijos,
april-1993.blogspot.com

Celle Espindola disse... [Responder comentário]

Geente, adorei isso. Gostei muito da ideia, achei bem original o que já é bastante coisa, né. Um envolvimento amoroso parece óbvio e acho que o mais legal deve ser ver como eles podem superar o trauma e se conhecerem melhor. Não sei, não li, haha.

Beijos,
Celle
http://treslapis.blogspot.com/

Karine Marinho disse... [Responder comentário]

Fiquei com muiiiiiita vontade de ler. Já li um livro dessa autora e pelo que eu posso perceber segue na mesma linha. Agora tô olhando para mamãe com cara de "por favor me empresta seu cartão" kkkkk'
Beijos,K.
Girl Spoiled

Ágata Bresil disse... [Responder comentário]

Olá Luana,

Eu ainda não tinha ouvido falar desse livro, mas resolvi ler sua resenha e de verdade, to pensando em colocá-lo em primeiro na minha lista de livros para comprar. Fiquei curiosa de como essa história pode dar certo com esses dois lados opostos, não por serem diferentes, mas pelo acontecimento.

To seguindo aqui, comecei meu blog agora e ando procurando por blogs que REALMENTE chamem minha atenção.

Se quiser visitar lá: http://tudotemrefrao.blogspot.com/

Loucos Por Livros! disse... [Responder comentário]

Eu quero esse livro! A frase da cpa que você parafraseu, me conquistou! A capa é linda e ser uma história de perdão, para mim, é super empolgante, já que eu vejo o personagem crescer durante a história. Eu acho que sempre tem um personagem que queremos bater, né? HUAHAU. E nossa, eu simplesmente amei a frase que você colocou na resenha. Infelizmente terei que ver se alguém compra para mim, já que não poso comprar nada em sites americanos. :(
Adorei a resenha!
Beijos ;*

Ana Carolina
http://loucospor-livros.blogspot.com

Pabline disse... [Responder comentário]

Não sabia que tinha continuação, menina? o.O
Faz um tempo que tô com vontade de lê-lo e sua resenha foi a primeira que vi sobre ele. Bom, a vontade só voltou mais forte. A história parece realmente incrível e como deve ser interessante ver esse amor controverso.

“O que acontece quando a pessoa que danificou você para sempre, se torna aquela que você mais confia”?

Só essa frase me deixou na maior curiosidade.

Bjão, maravilhosa resenha!

-Amigas Entre Livros-

Camila Costa disse... [Responder comentário]

ooi!
Nossa, esse é um livro que eu iria gostar de ver publicado por aqui!
Acho que o que mais me chamou a atenção sobre a história e o envolvimento amoroso dos dois, é o que me deixou com a pulga enorme atrás da orelha; vou tentar comprar esse livro sem sombra de dúvidas!
Beijoos!

CC
http://blogcabelosaovento.blogspot.com

Julia G disse... [Responder comentário]

Ai, eu já tinha lido outra resenha sobre esse livro mas não achei tão boa. Gostei muito, fiquei com curiosidade de ler o livro. Adoro quando os autores usam esses efeitos dominó e deixam no ar aquela possibilidade do "e se". O envolvimento dos dois personagens tem que ser bem trabalhado pra não perder qualidade.

Beijinhos

ka macedo disse... [Responder comentário]

Luana, eu morro de vontade de ler esse livro! E faz séculos já, haha.
Da Simone eu só li Perfect Chemistry e parece que os livros dela seguem esse padrão mesmo: capitulos que alternam entre o ponto de vista dos dois protagonistas. E isso dá um toque bem diferente à trama. Não é como nos livros me terceira pessoa - que você normalmente sabe o que todos estão pensando -, mas dá uma visão mais completa sobre a situação toda. É bom saber o que o par romantico da menina está pensando - principalmente quando ele é do tipo problemático, haha.
Mas, enfim, eu estou com os dois livros aqui e preciso pegá-los para ler urgentemente! Mas dizem que não é uma estória lá muito feliz e realmente não estou no clima para estórias desse tipo no momento.
Mas com certeza quero ver se consigo lê-los ainda esse ano :)

Beijooos!

Renata Leite disse... [Responder comentário]

Oi!
Nossa, realmente o livro é muito bom. Ainda não conhecia, mais vale a pena ler..Espero que chegue ao Brasil, rs. Muito legal mesmo.
Tem meme pra você lá no blog!
Beijos, Renata :)

Gabriela Wegner disse... [Responder comentário]

Oi Lu!
Adorei a resenha!
O incrível, é que não importa o tamanho da sua resenha, ela sempre se torna uma leitura prazerosa.
Esse livro me pareceu um pouco clichê mas com uma história tocante e meiga.
Parabéns pela resenha.
Estou sem palavras. hihi
Beijos, florzinha.

Bárbara Murat disse... [Responder comentário]

Eu não conhecia o livro e não fiquei com muita vontade de ler. O que é estranho, já que suas resenhas sempre me deixam louca pelos livros, hahaha.
Mas, se chegar ao Brasil, ou não mesmo, quem sabe um dia eu não leio..

Beijos.

Nuvem de Letras disse... [Responder comentário]

Olá Luana, tudo bom?
Adoreeeeeeei a resenha!! Aii que vontade de ler esse livro, viu? Ainda não conhecia nada sobre, mas adorei. Fiquei mega curiosa para saber como o desenvolvimento do contato entre eles aconteceu... Tomara que publiquem aqui, iria ser demais!

Beijão
nuvemdeletras.blogspot.com

Nana disse... [Responder comentário]

Oi Lu!
Conhecia o livro só de ter visto a capa pelo Getglue e o tatuado me chamou atenção rs
Eu adorei saber da história, e perceber que é diferente de alguns livros que só ficam no blá blá blá amor, e sim mais sobre superação, né?

Está aí algo que as pessoas tem dificuldade, que você citou na resenha: aceitar o passado. Eu sou uma que preciso aprender xD

beijos
Nana - Obsession Valley

Flávia Pachêco disse... [Responder comentário]

Oláa Lu!
Esse livro é em inglês né? :/ Eu não gostei muito da capa, mas achei a história bem interessante, e de certo modo, diferente.
Quando eu terminar o curso de inglês e estiver craque vou comprar vários livros em inglês pra eu ler, haha. Este já esta anotado na minha listinha junto com Dash & Lily book of dares!!
Adoro suas resenhas, e como todas as outras, esta está impecável e muito bem escrita e desenvolvida. Amei!

Beijos,
@flafsbp
{ http://17ezesseteinvernos.blogspot.com/ }

Leitura entre amigas disse... [Responder comentário]

Oi Luana!
Ainda não conhecia o livro, gosto de tramas adolescentes! Então espero que lancem logo por aqui! :)
Bjs

Elidiane - Leitura entre amigas

Caline disse... [Responder comentário]

Oi Luana acabei de ler um outro livro da Simone, Química Perfeita e estou completamente apaixonada. Assim como em Leving Paradise, Química Perfeita também tem os capítulos alternados entre os dois protagonistas.

O mais legal é por mais que se trate de um livro adolescente, a Simone consegue colocar algo mais nos livros, eles tem uma carga emocional bem intensa.

Espero ter a chance de ler outros livros dela o mais breve possível.

Beijos, Caline
Mundo de Papel

Postar um comentário

Os comentários serão retribuidos em seu blog, desde que não sejam de carater apenas de divulgação. Comente o que realmente achou! Obrigada :)