Final feliz

O texto abaixo foi retirado do filme Ele não está tão afim de você.
Ensinam um monte de coisa para as garotas, sobre crescer. Se um cara te dar um soco, ele gosta de você; nunca tente cortar sua própria franja e ; um dia você irá conhecer um cara maravilhoso e ter seu próprio final feliz. Todo filme que a gente vê, toda história que nos é contada nos implica para esperar por ele, a torção do terceiro ato, a declaração de amor inesperada, a exceção á regra. Mas as vezes, nós estamos tão focadas em encontrar nosso final feliz que não aprendemos como ler os sinais. Como distinguir quem nos quer daqueles que não querem. Aqueles que ficarão e aqueles que vão embora. E talvez um final feliz não inclua um cara, talvez... É você, por si próprio, juntando os pedaços e começando de novo, libertando-se para algo melhor no futuro. Talvez o final feliz seja... Só... Seguir em frente. Ou talvez o final feliz é esse: saber que depois de todos os telefonemas sem retorno, corações partidos, apesar dos erros e dos sinais mal compreendidos, apesar de toda a dor e constrangimento, você nunca perdeu a esperança.

5 comentários:

bárbara disse... [Responder comentário]

Já vi o filme e me identifico demaaaaaaaais com esse texto do final. Além de super lindo faz todo o sentido.

Adorei o blog, parabéns!

Julie Duarte disse... [Responder comentário]

Eu adoro esse filme também!
Sobre o texto, eu naõ acredito muito em finais felizes, que são bem subjuntivos. Cada um tem a sua definiçaõ de ser "feliz".

Luana Feres disse... [Responder comentário]

Não acredito em finais felizes também. Acho meio utópico. Mas o filme é bem legal né?

Obrigada, Barbara! =)

Postar um comentário

Os comentários serão retribuidos em seu blog, desde que não sejam de carater apenas de divulgação. Comente o que realmente achou! Obrigada :)