You gave me a forever within the numbered days

Título: The Fault In Our Stars
Autor(a): John Green
Editora: Dutton.
(Intrinseca no Brasil, yay!)
Numero de páginas: 313
Livro lido em inglês.
Obs: resenha um pouco fora do comum. Vou contar o que senti quando li, como foi a experiência, como e quão profundamente John Green me tocou.

Há pouco mais de um mês eu começava The Falt In Our Stars, minha primeira experiência com John Green e primeira experiência num livro sobre câncer. Vejam bem, eu não costumo ler livros sobre doenças terminais; não gosto da maneira como os protagonistas são idealizados e se tornam pessoas boas e imaculadas por terem aquela doença. Mas TFIOS não é um livro sobre câncer. É um livro sobre Hazel Grace, que acaba tendo câncer e um infinito mundo de percepções.

O que eu quis dizer com esse parágrafo acima é que Hazel é tão humana quanto qualquer um de nós. Ela gosta de ler, ela faz piadas sobre seus amigos com câncer – não maldosas, mas piadas que você faz quando é próximo assim de uma pessoa -, tem seus momentos amargos por ter esse câncer, mas não se lamenta. É o que é e tudo que ela pode fazer é viver sua vida normalmente, dependendo do humor com o qual ela acordar, como qualquer ser humano normal.

Não vou escrever uma pequena sinopse sobre o que a estória nos conta, porque acho que uma das belezas desse livro é o fator surpresa. Não que tenha muitas informações reveladoras, mas conhecer a estória de Hazel e Augustos (o cara mais doce, inteligente e bem humorado) e sua “jornada” sem saber o que esperar foi uma experiência deliciosa.

Também não sou desse tipo de leitora que se emociona com qualquer coisa. Conto nos dedos de uma mão quantas vezes chorei num livro e na maioria das vezes, é uma lagrima solitária, um tremor de queixo e páginas depois, está tudo bem. TFIOS quebrou meu coração em pedaços tão pequenos e foi uma dor tão doida, mas tão bonita! Não sei explicar, mas eu precisei parar de ler por alguns minutos para absorver. Foi algo tão magistralmente bem escrito que eu chorei como uma menininha.

Outra coisa incrível na estória que John Green criou é que o livro não é um livro triste. Eu ri alto no meio de uma aula do cursinho, porque Augustos era um cara tão espontâneo e os diálogos eram tão naturais, que não consegui controlar. Os personagens secundários são bem trabalhados, construídos e não estão lá para preencher lacunas.

Meu sentimento perante TFIOS pode ser descrito – ainda que não completamente. Nunca poderei explicar completamente. Sorry 'bout that -, nessa citação da pag 33: “Sometimes, you read a book and it fills you with this weird evangelical zeal, and you become convinced that the shattered world will never be put back together unless and until all living humans read the book. And then there are books which you can't tell people about, books so special and rare and yours that advertising your affection feels like a betrayal.” 

Eu senti esse “weird evangelical zeal” durante todas as páginas. Repito: todas as páginas. Porque a escrita de John Green é that good! (Dando uma de Hazel: eu leria as listas de supermercado, dele.)

A Intrínseca está lançando TFIOS então não há nenhuma desculpa para que ele não seja lido, bonitinhos. Apesar do meu ciúme miúdo, imploro: leiam TFIOS.
Citações preferidas (enxugas e as sem spoiler, se não eu citava metade do livro):

“I fell in love the way you fall asleep: Slowly, and then all at once.”
“I wouldn’t mind, Hazel Grace. It would be a privilege to have my heart broken by you.”
“I told Augustus the broad outline of my miracle: diagnosed with Stage IV thyroid cancer when I was thirteen. (I didn't tell him that the diagnosis came three months after I got my first period. Like: Congratulations! You're a woman. Now die.)
"Okay? - Okay"

80 comentários:

Giulia S. Farias disse... [Responder comentário]

Tô looooooooooooooooooooouca pra ler esse livro cara, completamente desesperada! E se levar em consideração a sua resenha, tenho certeza de que vou adorar!
Beijos

Luana disse... [Responder comentário]

Eu já sinto que vou amar esse livro, só falta me sobrar dinheiro para comprar, mas sem dúvida será a minha próxima compra, eu geralmente não dou muita bola para os livros que todo mundo comenta demais, mas eu sinto que com esse vai ser extremamente diferente!

beijos, Lu (:

Thais Priscilla disse... [Responder comentário]

Own, que resenha linda.
Eu quero ler mas acho que vou esperar essa "onda" John Green passar :)

beijinhos,
Thais Priscilla
http://thaypriscilla.blogspot.com

Falando Sério disse... [Responder comentário]

Aqui, tem TAG para você lá no meu blog. Beijos

http://nanafalandoserio.blogspot.com.br/

P.S: Amei seu blog, lindo demais. Parabéns

agnes disse... [Responder comentário]

ahh, muito lindinho seu blog! primeira vez aqui!
confesso que não li a resenha, mas só pq o meu deve tá chegando hj em casa e quero ter todas as emoções antes de ler as dos outros!
quando eu ler, volto aqui, ok?! haha

beijos - Rascunhos e Borrões

Juliana Neves disse... [Responder comentário]

Estou com esse livro aqui, as ainda não consegui ler. A verdade é que estou querendo um livro assim há tempos, um que me faça chorar. Hahaha Ainda não encontrei algum que me emocionasse tanto quanto aconteceu com A Mulher do Viajante no Tempo, que terminei o livro literalmente AOS PRANTOS. Hahaha E olhe que eu sou igual ao que você disse na sua resenha, super difícil de chorar!

Xxx,
Ju Neves
www.booksjournal.org

Nayá disse... [Responder comentário]

Eu queria ler esse livro antes porque todo mundo falava o quanto era bom e lindo e tal. Mas depois desses quotes, damn it, eu estou alucinada pra ler ele logo! D=

Beijos!

Julia G disse... [Responder comentário]

Oi Lu, eu não sabia nem do que se tratava o livro, para ser sincera, mas me apaixonei apenas pela capa. Quero muito mais ainda ler ele agora, espero gostar tanto quanto você. E é perfeita a citação que você escolheu;

Beijos

Aione Simões disse... [Responder comentário]

E como é que você me diz que estava enferrujada com uma resenha linda dessas? Eu sabia que ela estaria impecável ^^
Como a Ju, eu também não sabia do que se tratava a história e nem tinha tido muito interesse em ler, mas esses quotes e suas emoções ao lerem foram o suficiente para me deixarem doidinha pelo livro!
Eu sou mega chorona com qualquer coisa, mas sei quando um livro me toca de maneira especial, como esse parece ter te tocado!
Beijão!

Nuvem de Letras disse... [Responder comentário]

Oiê Luana, tudo bem?
Quanto tempo! Estava com saudades de ler uma postagem aqui no blog; passei por aqui algumas vezes enquanto você não tinha voltado e estou feliz que retornou!! \o/
Eu sou completamente chorona com livros e histórias assim, tenho certeza que esse livro irá mexer muito comigo emocionalmente - assim como você disse, em uns momentos triste, em outros felizes... Adorei sua resenha; espero grandes emoções de TFIOS, e especialmente do John Green que tanta gente elogia. Pretendo começar a ler JG pelo seu outro livro publicado que agora não me recordo o nome... Ahhh, Quem é você, Alasca? Dizem que é muito bom também. Estou curiosa *-*

Beijinhos
Daisy
nuvemdeletras.blogspot.com

Fernanda Curvellano disse... [Responder comentário]

Primeiramente, lindo o novo o layou! Adorei os tons de azul, e a ilustração é a coisa mais fodo... Parece que você sempre escolhe as melhores ilustrações cara! hehe Fiquei apaixonada com a ilustração do layout anterior também (Se quiser me passar, heim? hehee). Enfim, pelo seu post parece que é mesmo uma leitura inesquecivel... Me animou a ler também! Até mesmo em inglês também, apesar de eu não ser tão boa na lingua... Mas deve ser uma boa forma de treinar, né? (; Beijos!

Cristiane de oliveira disse... [Responder comentário]

Que linda essa resenha, já quero saber tudo o que vai acontecer com a Hazel.
Nunca li nada de John Green e agora sei que estou perdendo alguma coisa, estão falando muito dele por causa desse livro e quero ler os outros também, gosto de livros que fazem emocionar e pensar.

patty p. (@pacupe) disse... [Responder comentário]

Adorei seu blog e a resenha... já conhecia o livro e ler sua resenha me fez querer ler o livro ainda mais.

Débora Macêdo disse... [Responder comentário]

Como sempre resenha maravilhosa Lú!!! O livro parece ser incrível...depois do que você escreveu estou morrendo de vontade de ler esse livro, espero ganhar esse livro na promoção...
=)
Bjs

Júlia Flores disse... [Responder comentário]

Sem palavras, a cada resenha que leio desse livro minha vontade de lê-lo só aumenta. Volta do blog com uma resenha maravilhosa dessa,é só sucesso. :*

Danniele disse... [Responder comentário]

Luaaa!!!
Que saudades imensas de seus posts! Eu realmente fico feliz com sua volta ♥ Boa sorte nos estudos viu? Estou torcendo por ti!
Quanto ao livro... Meu Deus! O mundo inteiro está conspirando para eu ler esse livro e ainda vem você com essa resenha linda pra eu ter que ir logo ler né? Pois então, eu vou ler. Ele já está aqui me encarando (o livro), então vou começar logo logo *-*

Beijinhos :*

Cris Aragão disse... [Responder comentário]

Esse livro realmente parece ser demais. Uma história emocionante e totalmente verdadeira, daquelas que te dão um nó na garganta e você não quer parar de ler.

Eduarda Menezes disse... [Responder comentário]

A Lu voltouuuuuuu, que saudades! :)
Ah e que resenha linda Lu, escrita com o coração. Quando a gente ama muito um livro, só sai desse jeito mesmo. Poxa, se você não costuma chorar em livros e chorou neste, então já sei que vou chorar litros e mais um pouco. Sou super chorona (odeio isso às vezes), e o motivo pelo qual ainda não comprei é justamente esse, por saber que a história é triste - se bem que você falou que é alegre - imagino que seja aquele triste-alegre, do tipo que toca profundamente.
Por esse motivo vou adiciona-lo ao meu carrinho agora mesmo - sério, estou preenchendo um carrinho neste momento - e a culpa é da Lu.
Beijão!
Ps. Morri com o quote 2 e 3!

Zilda Mara Peixoto disse... [Responder comentário]

Eu gosto muito de livros que abordam doenças terminais porque sofro muito com o desenrolar da história.Mas, esse negócio de achar que todo doente que sofre termina como um pobre coitado não é bem por aí não. Sua resenha está divina e mais do que nunca preciso ler esse livro.

Rafael Fernandes disse... [Responder comentário]

Se eu não fosse chorar no livro, eu juraria que agora estou chorando com sua resenha... Não diria choro de tristeza, mas mais por emoção sabe, pra mim era um livro chato, sobre doença e seus altos e baixos, mas quando soube pela sua resenha que não é bem assim, fiquei mais curioso, vou concorrer ao livro se eu não ganhar, vou correr pra comprar. Resenha sincera e que me conquistou. Parabéns, beijos.

Erica Belancieri disse... [Responder comentário]

Todo mundo está dizendo que amou esse livro, e agora eu entendo o porquê, a história é muito fofa, e esse tema, sobre câncer, é abordado de uma forma completamente diferente de tudo que eu já tenha lido. Enfim, estou louca pra ler essa história encantadora.

Junia disse... [Responder comentário]

Adorei a resenha, quero muito ler esse livro que está uma 'febre' rs. Quem sabe eu não ganho aqui no blog né?! rs :)

Julie disse... [Responder comentário]

Eu quero ler esse livro! Pra começar por quer amo romance e já ouvi muito bem sobre este livro. Fiquei com um poquinho de pé atráz poque particupalmente não gosto de livros cujo os protagonistas possuem doenças terminas porque sou Hiper fraca para o genero drama. Mas depois dessa resenha é CERTEZA que eu quero mesmo ler xD

XX, Julie.
http://levemeparaasdocas.blogspot.com.br/

Caline disse... [Responder comentário]

Morro de medo quando todo mundo praticamente idolatra um livro. A blogosfera só fala dele e fala MUITO bem. Não ando muito empolgada pra ler nada, mas esse livro está me "provocando" e mesmo tendo prometido a mim que não compraria nada pelos próximos dois meses está cada vez mais dificil resistir.

Beijos
Caline - Mundo de Papel

O Vazio na Flor disse... [Responder comentário]

Juro que se não ler esse livro logo, vou é ter um treco. Puxa, cada resenha que leio, me faz ficar ainda mais doida para ler ele logo.
A sua resenha ficou perfeita!! E mesmo que eu não entenda bulhufas de inglês, achei interessante a mesclagem de linguas..rs
Acho que dramas assim, tendem a mexer com nossos sentimentos mais profundos e mais intensos.
Mesmo que não seja um tema facil. Eu sei que vou chorar, como vc..rs

Beijos

Bianca Aleixo disse... [Responder comentário]

uau, tava querendo ler o livro pq tinha achado a historia meio interessante, mas agora... agora eu to loouca pra ler!! se tornou o meu primeiro da lista :DD
vc sabe escrever resenha hein, tava morrendo de medo de ver um spoiler, mas não teve nenhum. e pra mim essa já bastou, foi minha segunda e ultima resenha q leio desse livro, só pra não saber mais da historia e talz.
parabéns :)
bju

Sarah Martins disse... [Responder comentário]

Estou cansada de todo Mundo falar coisas maravilhosas sobre este livro e eu não o li ainda! Urgh! Malditos correios e lojas online...
De qualquer forma, quando eu ler espero sentir-me como você se sentiu. Resenha maravilhosa!
Bjs!

Paulo disse... [Responder comentário]

Esse livro deve ser muito lindo, nossa :/ tanta gente falando bem... E cada resenha uma melhor que a outra! A sua está de parabéns ;)

cristiane disse... [Responder comentário]

Uma pilha de gente falando que chorou com esse livro. Ok, preciso de um livro que me faça chorar. Já faz tempo que não leio um assim, e depois de ver um monte de blogueiro falando que chorou eu quero chorar também! Apesar de que esse teminha com a letra "c" me dê medo e eu evite tudo com isso :S

Maria Paula disse... [Responder comentário]

Esse livro vai do riso ao choro, só pode ser maravilhoso. Gostei muito de sua resenha e estou ansiosa para ler A culpa é das estrelas.

Dryelly Kércya disse... [Responder comentário]

Quero muito ler! Que resenha linda!
Os comentários sobre esse livro são maravilhosos!
Nunca li nenhuma história com um personagem como Hazel e nunca li nada de John. Mas quero mudar isso! (:

Fátima Menezes disse... [Responder comentário]

Awn! Como minha vontade de ler esse livro ainda consegue aumentar mais após cada resenha que leio? Que lindo, que triste, que lindo! *---*

Já queria conhecer o autor antes do sucesso que "A Culpa é das Estrelas" está fazendo. Ele parece ser um deus da escrita. Não vejo a hora de ter seus livros! Será se surgiu o livro que me fará chorar pela primeira vez?

Beijos,

Fátima Menezes - @fatimamd

Ananda Dias disse... [Responder comentário]

Adorei a resenha Luana! Gostei de você ter colocado as suas impressões e não dar spoilers, o que é muito raro quando se faz isso.

Não conhecia o John Green, mas depois do estouro da semana John Green passei a procurar tudo sobre ele, e me surpreendi quando descobri que "A Culpa é Das Estrelas" foi baseada numa história real, fui procurar sobre a menina que o autor se baseou e me emocionei com a história. Quero muito ler esse livro.

Beijão

Ananda Dias - Entrelinhas Casuais

Lele disse... [Responder comentário]

Gostei demais da sua resenha!!!

Depois da sua resenha, coloquei não só este livro, como os outros do autor também!!! Bienal ta aí, sabe como é, vou comprar com certeza!!

Gostei do que vc disse que chorou como uma menininha, tenho certeza que seremos duas!!

Bjks

Alessandra Tapias
http://topensandoemler.blogspot.com.br/

Márcia Sonoita disse... [Responder comentário]

Juro que quando vi a capa pensei, ihhhhh outra distopia , nãoq ue não goste, mas já li mtas , mas ia fui ler a resenha e me apaixonei por ele !

Maria B SOUZA disse... [Responder comentário]

Como tenho lido coisas sobre este autor , com em empolguei lendo sau resenha, está magnífica e de uma leveza ! Quero mt ler !

Bárbara Murat disse... [Responder comentário]

Estou doida pra ler esse livro, SÓ vejo comentários positivos.
Livros com doenças que fazem a pessoa doente e todos em volta ficarem legais também não são meus favoritos, que bom que esse não é assim - apesar de que eu não estava esperando por algo assim.
Enfim, depois da sua resenha estou mais doida pra ler ainda..
Beijos.

Julia D. disse... [Responder comentário]

Todo mundo fala tão bem desse livro que eu estou começando a ter um ataque porque não posso comprar.
Também não gosto muito de como os personagens de livros sobre doenças terminais sempre acabam se tornando perfeitos, ainda bem que esse livro não é assim, não acho que aguentaria outro desse tipo.
Ótima resenha.

Khrys Anjos disse... [Responder comentário]

Adorei a tua resenha. Já tinha lido outros elogios ao livro mas admito que só depois de ler a tua resenha fiquei realmente com muita vontade de ler o livro.


Um leve bater de asas para todos!!!!!!!!!

Matheus disse... [Responder comentário]

Desde a primeira fez q ouvi falar nesse livro eu fiquei curiosíssimo pra ler. Principalmente com a descrição do Markus Zusak na capa da versão brasileira!!!

Raquel Gomes disse... [Responder comentário]

Todo mundo está falando tão bem desse livro que estou bem curiosa para ler.

Beijos :)
ummundodecomentarios.blogspot.com.br

cinthia oshiro disse... [Responder comentário]

Eu quero muuuuuito ler esse livro, vejo muitos comentários e resenhas positivas. Apesar de aparentar a sinopse, muita gente como você diz que riu muitas vezes.curiosa.

Kimy Gabrielli disse... [Responder comentário]

u.u Eu não estava com muito interesse em ler esse livro, mas depois de suas declarações precisarei ler esse livro.

Amei a sua resenha e parabéns (Você consegue uma coisa que eu nunca consegui fazer: Ler um livro em inglês u.u mas logo logo eu vou conseguir u.u)

Beijinhos,
Kimy Gabrielli.
blogkimygabrielli.blogspot.com

Katiakrugger disse... [Responder comentário]

Só leio ótimas resenhas deste livro,como o seu que realmente ta muito bom.Adoro livros que me vazem ter vários sentimentos ri,chorar...Bom já coloquei na listinha como os favoritos para as próximas leituras.
BJS

Adrielly Georgia disse... [Responder comentário]

Luana é primeira vez que visito seu blog e adorei, a resenha está ótima. A cupa é das estrelas está no topo da minha lista de desejos. BJS.

Mey disse... [Responder comentário]

Também sou muito dificil de me emocionar, seja num livro, seja na vida. De qualquer forma estou louca para ler esse livro. Gostei da capa, do titulo, da historia, parece que tudo se encaixou para fazer desse livro um de meus poucos favoritos, espero sinceramente não me decepcionar. Bjkssss

Liziane Goulart disse... [Responder comentário]

Não vejo a hora de poder ler esse livro.
Desde que começaram a falar dele eu senti que era uma história que tava vindo para agradar a todos os gostos, até porque trata de um tema que é real que muitas vezes faz parta da vida da gente.
Amei a resenha Parabéns o blog é muito legal

Bjus, Lizi
http://lilicasg.blogspot.com.br/

Katia Matos disse... [Responder comentário]

Parece tão linda essa história,tantos comentários positivos.
Me conectei com essa resenha,estou apaixonada,louca para ler!Você explicou bem a essência da Hazel,como quero conhecer mais a jornada dessa personagem!

Bianca Macedo disse... [Responder comentário]

Eu estou morrendo de vontade de ler esse livro, ele é super comentado!
Essa estória parece ser muito linda! Acho que quando lermos temos que pensar na nossa própria vida, refletir...

Helen A.Z disse... [Responder comentário]

Primeiro chamou minha atenção com a capa e o nome simples,com inocência,juntando as resenhas positivas,estou louca para ler!!!
Parece uma leitura emocionante,que vale a pena ler e ter.

Priscilla Duhau disse... [Responder comentário]

Faz taaaanto tempo que não venho aqui que ainda nem tinha visto que o layout mudou um pouco. Adorei!

Tanta gente comentando sobre esse livro e essa foi a resenha que mais me deu vontade de lê-lo. Isso porque você simplesmente nos contou o que sentiu enquando o lia e pareceu tão... tão verdadeiro e real. Sem contar esse quote lindo que você colocou no meio da resenha, porque é exatamente assim que acontece.
Fiquei com MEGA vontade de ler esse livro, mas quero ler ele em inglês. Sinto que assim aproveitarei 100% que o livro tem a nos passar.

Beijão ♥
Priscilla Duhau
Livrificando

Flávia Pachêco disse... [Responder comentário]

Eu tava com saudade daqui meeeeu!! Volta a postar mais Lu *-*

A blogosfera literária inteira fala sobre esse livro, e todo mundo fala bem! Até agora não vi nenhum comentário negativo desse livro, só positivos. E a cada resenha que leio fico com mais vontade de conhecer a história de Hazel, com mais vontade de poder sentir essa emoção que todos dizem sentir ao ler o livro. To super curiosa, espero que eu possa ler em breve! Quem sabe eu ganho de aniversário já que o meu tá chegando né, hehehe.
Adorei a resenha, diferente e encantadora.

Beijão, @flafsbp

Isabela Silva disse... [Responder comentário]

Esse livro está no topo da minha lista! Assim que tiver dinheiro nas mãos vou correndo comprar. Como você eu posso contar nos dedos os livros que me fizeram chorar, é bem difícil um livro me levar a isso. Estou louca para ver se esse livro vai me fazer chorar. Eu estou colocando muitas expectativas nesse livro, dessa vez eu sinto que não vou me decepcionar, não é possível que tantos blogs estejam errados a respeito do livro. Mais uma resenha que leio que me deixa sedenta por "A culpa é das estrelas".
Abraços.

Julia disse... [Responder comentário]

To louca pra ler esse livro e acho que uma coisa que você mencionou importante e que achei legal o autor não quer que tenhamos uma visão de uma Hazel coitadinha e sua resenha foi uma das melhores que eu li (sem babação)mas a sua passou uma imagem do que o livro transmite de verdade

Ruama disse... [Responder comentário]

Oi! Chorei e me diverti muito lendo essa estória, e fiquei completamente apaixonada por Augustus, haha! Achei a estória linda e meiga, entretanto criei muitas expectativas ao ler o livro, isso fez com que eu me decepcionasse com coisas que eu esperava demais, mas isso não diminui o efeito que o livro teve sobre mim. Amei sua resenha!
Bjs, Ruama.
http://esquiloscorderosa-ruama.blogspot.com.br/

Michele Bowkunowicz disse... [Responder comentário]

oi,
gostei da resenha. Tô maluca para ler esse livro
adorei seu blog, curti no face
é a minha 1a visita em seu blog, e irei visitar sempre
estou te seguindo,
me visita
http://www.lostgirlygirl.com

bjos

Flávia Pachêco disse... [Responder comentário]

Eu li e também gostei. Pensei que iria amar, mas infelizmente não senti tudo isso que todos disseram ter sentido :/
Em breve vou reler, talvez eu não percebi a beleza da história, talvez eu tenha lido muito rápido, sei lá.
Eu gostei até, só que esperava mais sabe?! É a tal da expectativa...

Meeu, que saudade do seu blooog Luana! Volta :(

Beeijos, Flá. { http://pequenascoisaas.blogspot.com.br/ }

Laura Aquistapace Queiroz disse... [Responder comentário]

Estou lendo esse livro :3 Comecei ontem, mas já percebi que se trata de uma história emocionante! Espero não chorar no final, SHUAHUSGAHUA!

Beijos >.<

Francieli Bittencourt disse... [Responder comentário]

Essa é a primeira vez que visito teu blog e preciso dizer o quanto gostei! o layolt é super fofo e clean, adoro blogs assim!!

Quanto ao livro, posso dizer que compartilho de muitas sensações que tu teve ao ler!
John Green é incrível e cada vez que eu leio uma nova obra dele me apaixono mais!

A Culpa é das Estrelas é aquele tipo de livro que a gente lembra por uma vida toda, né?

Beijinhos!
www.blogdaruiva.com

Pri Bragança disse... [Responder comentário]

Gosto muito de vir aqui e pegar suas dicas literárias. Agora você vê... Acho que sou a pessoa mais chorona que conheço, imagina como vai ser a minha situação lendo esse bacana aí...

Gabby Coelho disse... [Responder comentário]

Olá amei lindo lindo lindo lindo seu blog, nossa me apaixonei *-* este post esta incrível. Te desejo sucesso. Segue? retribuo.
- http://meninadocoelho.blogspot.com.br/

Jacó Galtran disse... [Responder comentário]

Olá, amigos do "Mulhers gosta de falar". Sou Jacó Galtran, autor iniciante/independente, e disponibilizei na Amazon um conto de minha autoria. Trata-se de "O Legado de Lyraan", um conto de alta fantasia. Custa apenas R$ 2,99 e pode ser adquirido no seguinte link https://www.amazon.com.br/dp/B00F202SXA. Mais do que pedir que prestigie meu trabalho, pergunto também se existe a possibilidade de me ajudarem com a divulgação, seja com um post em seu blog, seja com uma resenha.

Desde já agradeço e lhes desejo muito sucesso.

Isabelle disse... [Responder comentário]

Oi! Adorei o blog. Seguindo, claro!
Beijos,
Isabelle
http://www.verbosdiversos.com/
https://www.facebook.com/verbosdiversos

Josiel Dias disse... [Responder comentário]

Olá meus amigos, como é maravilhoso encontrar sites com este seu. Parabéns pelo belo trabalho, já estou seguindo.
Aproveitando a oportunidade gostaria de compartilhar com você nosso
blog. Ficaremos felizes por vossa visita e mais ainda se seguir-nos.

AGUARDAMOS SUA VISITA

Atenciosamente

Josiel Dias
http://josiel-dias.blogspot.com
Rio de Janeiro

jalpa prajapati disse... [Responder comentário]

Thanks for such very great information. This is the best sites for proving such kinds of good information.Examhelpline.in

Postar um comentário

Os comentários serão retribuidos em seu blog, desde que não sejam de carater apenas de divulgação. Comente o que realmente achou! Obrigada :)